Qual a relevância da técnica do operador na fotoativação?

Por Administrador

Edição V17N03 | Ano 2020 | Editorial Fato ou Fake | Páginas 62 até 67

Carlos Alberto Kenji Shimokawa e Marcelo Giannini

Após entendermos a importância dos equipamentos fotoativadores e a influência de suas características na fotoativação, podemos discutir os fatores relacionados à técnica do operador que são relevantes durante a fotoativação. O primeiro fator a ser discutido é a distância entre o equipamento fotoativador e o material resinoso a ser fotoativado. O feixe de luz emitido pelos equipamentos fotoativadores não é colimado, como o feixe de luz emitido por equipamentos laser, ou seja, o feixe de luz se espalha com o aumento da distância entre sua ponteira e o material resinoso. Dessa forma, o aumento dessa distância leva a uma diminuição considerável da irradiância da luz que chega ao material restaurador . Existem equipamentos que emitem o feixe de luz de forma mais colimada do que outros. Equipamentos que emitem seu feixe de luz mais colimado levarão a uma menor perda de irradiância com o aumento da distância. Estudos mostraram uma perda de até 75% da irradiância quando um equipamento fotoativador que apresenta luz menos colimada é utilizado com sua ponteira a 6 mm de distância do alvo.

Shimokawa CAK, Giannini M. What is the relevance of the operator’s technique in photoactivation? J Clin Dent Res. 2020 Sept-Dec;17(3):62-7.