Scanner intrabucal versus técnicas convencionais de moldagem. Satisfação e outros desfechos relatados pelo paciente: uma revisão sistemática

Por Administrador

Edição V17N03 | Ano 2020 | Editorial Artigo de Pesquisa | Páginas 36 até 61

Jon Salazar, Ana Boquete-Castro, Vicente Gimeno, Sidney Kina

Objetivo: O objetivo da presente revisão sistemática foi analisar se há diferenças com relação a preferência, satisfação e conforto dos pacientes, quando realizam, no consultório, moldagens convencionais ou digitais. Métodos: Foi realizada um pesquisa bibliográfica nas bases de dados Medline, Embase, Web of Science, Central e Clinical Trials, de acordo com a estratégia PICO. O risco de viés foi avaliado utilizando uma ferramenta da colaboração Cochrane, e o protocolo foi registrado no PROSPERO. Resultados: A busca sistemática inicial encontrou 79 artigos. Após a remoção dos duplicados e daqueles que não preenchiam os critérios de inclusão, restaram 10 estudos. Sete estudos incluídos demonstraram resultados mais favoráveis para a moldagem digital com relação ao conforto, satisfação e preferência; enquanto dois apresentaram resultados mais favoráveis para as moldagens convencionais. Um dos estudos não apresentou informações conclusivas entre a intervenção e a comparação. Foram realizadas duas metanálises de subgrupos com quatro artigos, de acordo com a marca do scanner e o tipo de randomização. Conclusões: houve alta heterogeneidade nos métodos utilizados nos ensaios clínicos randomizados (ECRs) disponíveis. A maioria não contribuiu com informação suficiente para analisar e integrar a estatística. Embora as conclusões devam ser interpretadas com cautela, a evidência científica atual sugere que a percepção dos pacientes com relação ao conforto, preferência e satisfação é favorável aos scanners intrabucais. É necessário realizar mais ECRs que incluam medidas do desfecho relatado pelo paciente.

Scanner intrabucal. Moldagem digital. Medidas de desfecho relatado pelo paciente. Satisfação. Conforto.

Salazar J, Boquete-Castro A, Gimeno V, Kina S. Intraoral scanner versus conventional impression techniques. Patient satisfaction and other patient-reported outcomes: a systematic review. J Clin Dent Res. 2020 Sept-Dec;17(3):36-61.