Discutindo a Relação (Cêntrica)

Por Administrador

Edição V17N01 | Ano 2020 | Editorial Diarios da Oclusão | Páginas 92 até 95

João Palmieri

SE EXISTE UM TEMA QUE GERA MUITA CONTROVÉRSIA dentro da Odontologia é o que envolve a definição e, principalmente, a utilidade clínica da chamada Relação Cêntrica (RC). Quanto à definição, a última versão do glossário de termos prostodônticos (GPD-9) traz que: “o acrônimo é CR (Centric Relation, em inglês); é uma relação maxilo-mandibular que independe dos contatos dentários, na qual os côndilos se articulam na posição anterior e superior contra as inclinações das eminências articulares; nessa posição, a mandíbula está restrita a um movimento puramente rotacional; dessa posição maxilomandibular não forçada, fisiológica, o paciente pode fazer o movimento vertical, lateral ou protusivo; ela é uma posição de referência clinicamente útil e reprodutível

Palmieri J. Discussing (Centric) Relationship. J Clin Dent Res. 2020 Jan-Apr;17(1):92-5.