FATO OU FAKE?

Por Administrador

Edição V17N01 | Ano 2020 | Editorial Fato ou Fake | Páginas 124 até 127

Paulo Vinícius Soares

VIVEMOS NUMA ÉPOCA DE INTENSA DIVULGAÇÃO DE CONHECIMENTO. Independentemente da profissão, da área ou da especialidade, nunca tivemos tanto acesso à informação. Inicio esta primeira coluna deixando meus sinceros agradecimentos ao Editor Ronaldo Hirata e à Editora Dental Press, por permitir esse espaço para que eu escreva meu ponto de vista sobre um determinado tópico, dilema, dúvida ou conflito de ideias. Poderia escrever sobre qualquer coisa, pois, atualmente, os canais de amplo com- partilhamento de conhecimento e informação nos permitem isso. Eu posso usar, por exemplo, minhas páginas na rede social ou grupos de com- partilhamento para emitir opiniões sobre política, religião, música. Por mais que não seja altamente FATO OU FAKE? competente em nenhum dos três tópicos que acabei de citar, nada me impede de emitir ou escrever a minha opinião sobre eles.

Soares PV. Fact or Fake? J Clin Dent Res. 2020 Jan-Apr;17(1):124-7.