Conhecimento dos cirurgiões-dentistas de Aracaju/SE sobre fotoativação de compósitos Bulk Fill e profundidade de polimerização alcançada, nos serviços privados e públicos de saúde

Por Administrador

Edição V15N03 | Ano 2018 | Editorial Artigo Original | Páginas 136 até 149

Rafhael Andrade Santos, Julie Nascimento Paiva Veiga, Márcia Luciana Carregosa Santana, Ana Cláudia Conceição Correia, André Luis Faria-e-Silva

O presente estudo avaliou protocolos de fotoativação utilizados por dentistas da cidade de Aracaju/ SE e profundidade de polimerização de uma resina bulk fill alcançada com o uso dos seus aparelhos fotopolimerizadores. Trinta e três dentistas foram incluídos aleatoriamente no estudo, sendo quinze no serviço público de saúde. O perfil e conhecimentos desses clínicos sobre fotoativação, resina em dentes posteriores e resina bulk fill foram analisados. O diâmetro externo da ponteira dos fotopolimerizadores foi mensurado por meio de um paquímetro digital e a marca e o modelo desses aparelhos, tabulada. Os clínicos realizaram restaurações classe II MOD em modelos de gesso com uma resina bulk fill com seu aparelho fotopolimerizador, sem receber nenhuma instrução adicional, e os detalhes do protocolo de fotoativação usado foram anotados. A profundidade de polimerização foi mensurada por meio da inserção do compósito em matriz metálica com 8 mm de profundidade, seguida pela remoção do compósito não polimerizado com uma espátula metálica. Análises descritivas dos dados foram realizadas e as profundidades de polimerização alcançadas pelos aparelhos nos serviços públicos e privados, comparadas pelos testes t e Exato de Fisher ( = 0,05). Observou- se um baixo conhecimento dos dentistas sobre resinas bulk fill e fotopolimerização, o que resultou em grande variedade de protocolos de fotoativação. A profundidade média de polimerização observada nos serviços públicos e privados foi de 3,1 e 3,3 mm, respectivamente, sem diferença estatística entre eles. Apenas 10% das fotoativações resultaram em profundidade de polimerização de 4 mm. Em conclusão, os aparelhos fotopolimerizadores e técnicas de fotoativação utilizadas ainda são um grande desafio para se obter adequada polimerização de resinas bulk fill.

Santos RA, Veiga JNP, Santana MLC, Correia ACC, Faria-e-Silva AL. Knowledge of dentists from Aracaju/SE regarding light-activation of bulk fill composites and depth of polymerization achieved in private and public health services. J Clin Dent Res. 2018 Sept-Dec;15(3):136-49. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.15.3.136-149.oar