Efeito do tempo e da intensidade de luz na adesão entre pinos de fibra e dentina radicular: uma revisão da literatura

Por Administrador

Edição V15N02 | Ano 2018 | Editorial Artigo Original | Páginas 34 até 43

Gilberto Antonio Borges, Laís Carvalho Martins, Anália Gabriella Borges Ferraz, Anna Luiza Szesz, Thiago Assunção Valentino, Luis Henrique Borges, Saturnino Calabrez-Filho

As características envolvidas no mecanismo de adesão entre pino, cimento e dentina radicular vêm sendo amplamente estudadas em diferentes enfoques, abrangendo tratamentos na superfície do pino e/ou da dentina, características do pino intrarradicular e, também, dos materiais utilizados para sua cimentação. Entretanto, a adesão depende diretamente da polimerização e do grau de conversão dos monômeros resinosos, os quais estão relacionados com a transmissão de luz através do conduto. Pesquisas que avaliaram a quantidade de energia luminosa transmitida para o conduto radicular encontraram redução significativa com o aumento da profundidade: mesmo sem o pino, a intensidade luminosa parece diminuir a níveis insuficientes para que ocorra adequada polimerização, especialmente no terço apical. Para superar esses problemas, os profissionais foram aconselhados a usar uma unidade de luz de alta intensidade e/ou prolongar o tempo de exposição à luz. Diante do exposto, torna-se importante identificar quanto a densidade de luz irradiada e o tempo podem influenciar nas propriedades adesivas em restaurações com pinos translúcidos em dentes despolpados.

GA, Martins LC, Ferraz AGB, Szesz AL, Valentino TA, Borges LH, Calabrez-Filho S. Effect of time and light intensity on the adhesion between fiber posts and root dentin: A literature review. J Clin Dent Res. 2018 May-Aug;15(2):34-43. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.15.2.034-043.oar