O enceramento diagnóstico como guia para preparos de laminados cerâmicos

Por Administrador

Edição V14N03 | Ano 2017 | Editorial Artigo Original | Páginas 88 até 97

Rafael Ferrone Andreiuolo, Anna Paula Gonzaga Martins, João Luiz Bittencourt de Abreu, Rodrigo Ramos Fernandes, Katia Regina Hostilio Cervantes Dias

O preparo dentário, quando necessário, é uma das etapas mais importantes na confecção de facetas laminadas cerâmicas. A adesão ao esmalte provê melhores valores de união em comparação aos relatados para a dentina. Dessa forma, o foco do preparo para facetas é ser conservador na redução da estrutura dentária, objetivando longevidade. Pelo menos duas estratégias diferentes para o preparo dentário podem ser encontradas na literatura: a primeira consiste em uma técnica mais antiga e simplificada, em que se utilizavam pontas diamantadas, guiando a profundidade de corte a partir da anatomia existente. Nessa técnica, não eram levadas em consideração alterações dentárias como envelhecimento, desgaste e perda de esmalte, o que, consequentemente, levava a um maior risco de exposição de dentina. A segunda é uma técnica mais moderna e sofisticada, baseada em um recurso diagnóstico (enceramento ou mock-up) para compensar o envelhecimento ou perda substancial de estrutura dentária. Essa abordagem permite maior preservação do esmalte dentário e, como consequência, maior potencial de união biomecânica e estética. O presente artigo revisa a literatura referente ao preparo para facetas laminadas cerâmicas e detalha a técnica de preparo com base em um enceramento diagnóstico, que simula a anatomia final desejada da restauração.

Como citar este artigo: Andreiuolo RF, Martins APG, Abreu JLB, Fernandes RR, Dias KRHC. Diagnostic wax-up as a guide to ceramic veneer preparations. J Clin Dent Res. 2017 Jul-Sept;14(3):88-97. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.14.3.088-097.oar