Avaliação da adaptação cervical do componente UCLA calcinável utilizado em prótese fixa do tipo protocolo: estudo comparativo com microscopia eletrônica de varredura

Por Administrador

Edição V14N03 | Ano 2017 | Editorial Artigo Original | Páginas 62 até 69

Marcos Andrade Oliva, Fábio José Barbosa Bezerra, Maria Emília Santos Pereira Ramos, Bruna Ghiraldini, Aristóteles Goes Neto

O objetivo desse trabalho foi avaliar, in vitro, a adaptação cervical dos pilares protéticos tipo UCLA para confecção da prótese protocolo inferior sobre quatro implantes com conexão hexágono externo, usando microscopia eletrônica de varredura (MEV). Foram utilizados seis modelos em alumínio, divididos em dois grupos: a) MINI (mini-abutments de 1mm); e b) UCLA (abutments UCLA calcináveis fundidos com a barra protética). O Grupo MINI foi utilizado como grupo controle. Após a aplicação de torque recomendado pelo fabricante, o grau de adaptação entre os implantes e os pilares protéticos foi avaliado sob MEV em três pontos equidistantes, na face vestibular e na face lingual de cada interface I-P (Implante dentário-Pilar protético), de maneira padronizada. O Grupo UCLA apresentou maior desadaptação (10,8 ± 2,2μm) quando comparado ao Grupo MINI (3,1 ± 1,3μm) (p < 0,05). Dentro dos limites desse estudo, o Grupo UCLA apresentou maiores discrepâncias marginais verticais, quando comparado ao grupo controle.

Oliva MA, Bezerra FJB, Ramos MESP, Ghiraldini B, Goes Neto A. Evaluation of the cervical adaptation of the calcinable UCLA component used in fixed prostheses: A comparative study using scanning electron microscopy. J Clin Dent Res. 2017 Jul-Sept;14(3):62-9. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.14.3.062-069.oar