Incisivos de Hutchinson e molares de Moon: o diagnóstico preciso para restaurar a forma e a função

Por Administrador

Edição V14N02 | Ano 2017 | Editorial Biologia da Estética | Páginas 14 até 21

Alberto Consolaro, Débora de Almeida Bianco

A sífilis congênita é endêmica em nosso país, com milhares de novos casos por ano e com prevalência crescente, especialmente na região Sudeste. Entre as suas manifestações, estão as que envolvem os dentes: os incisivos de Hutchinson e os molares de Moon. A partir da discussão sobre os mecanismos que levam à sua ocorrência, os critérios para seu diagnóstico e as formas de tratamento, procurou-se revisitar o assunto, contribuindo para que os profissionais da Odontologia possam reconhecê-lo de forma precisa e contextualizá- lo no quadro sistêmico do paciente, a fim de tratar, estética e funcionalmente, os dentes envolvidos. Para isso, há de se conhecer o assunto, revendo-o tal como se apresenta: um novo velho problema de saúde pública.

Consolaro A, Bianco DA. Hutchinson’s incisors and Moon’s molars: accurate diagnosis to restore form and function. J Clin Dent Res. 2017 Apr-June;14(2):14-21. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.14.2.014-021.bes