TiBrush® uma alternativa na descontaminação da superfície do implante: caso clínico

Por Administrador

Edição V14N01 | Ano 2017 | Editorial Caso Clínico | Páginas 98 até 105

Francisco Correia, Ana Lemos-Costa, Ricardo Faria-Almeida

Doenças peri-implantares são lesões inflamatórias que se desenvolvem em torno dos tecidos que circundam os implantes dentários osseointegrados e possuem duas manifestações distintas: mucosite peri-implantar (uma reação inflamatória reversível, que afeta apenas os tecidos moles que rodeiam o implante em função) e peri-implantite (uma reação inflamatória associada à perda do osso de suporte em torno do implante em função). A elevada incidência da peri-implantite (28 a 56% dos pacientes, em 12 a 43% dos locais de implante) leva a uma preocupação crescente em se obter um protocolo de tratamento que promova a resolução dessa patologia. Muitos tratamentos diferentes encontram-se descritos na literatura, mas, apesar de algumas intervenções poderem ser eficazes, o nível de evidência é ainda limitado. O presente caso clínico ilustra uma opção de tratamento para um caso de peri-implantite: descontaminação da superfície do implante com o dispositivo TiBrush® e regeneração óssea guiada. Após 24 meses, a paciente não apresentava sinais clínicos de doença e foi possível observar, na radiografia, a presença de osso em torno do implante.

Correia F, Lemos-Costa A, Faria-Almeida R. TiBrush® as an alternative to decontaminate the implant surface: case report. J Clin Dent Res. 2017 Jan-Mar;14(1):98-105. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.14.1.098-105.oar