Abrir cervejas com os dentes induz fratura dentária, reabsorções e necrose pulpar asséptica!

Por Administrador

Edição V14N01 | Ano 2017 | Editorial Biologia da Estética | Páginas 15 até 20

Alberto Consolaro

Abrir garrafas de cerveja com os dentes é um procedimento que deve ser desencorajado, especialmente em atos públicos, como espetáculos e publicidades, pois o potencial de agressividade aos dentes é muito grande. Esse ato pode provocar várias consequências, como: 1) fraturas dentárias; 2) necrose pulpar asséptica e metamorfose cálcica da polpa; 3) lesão periapical crônica, inclusive cisto periodontal apical; e 4) reabsorções dentárias, como a interna por substituição e a cervical externa. A preocupação com essa mania frequente na população deve se estender a todas as áreas da Odontologia. Nas propagandas, deve-se ter o cuidado e a orientação para não se estimular a repetição desse ato deletério pelas crianças, jovens e mesmo adultos não esclarecidos sobre suas consequências.

Consolaro A. Opening beer bottles using teeth induces dental fracture, resorptions and aseptic pulp necrosis! J Clin Dent Res. 2017 Jan-Mar;14(1):15-20. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.14.1.015-020.bes