Tratamento de discromia gengival causada por melanose racial, realizado por meio de despigmentação com dermoabrasão: relato de caso comparativo de duas técnicas

Por Administrador

Edição V14N01 | Ano 2017 | Editorial Caso Clínico | Páginas 106 até 111

Rodolfo José Gomes de Araújo, Felipe Vilhena Brilhante, Deise Kersten Alves Ferreira, Bruna de Fátima Kzam Soeiro do Nascimento

A pigmentação gengival é resultante da produção excessiva de melanina pelos melanócitos situados na camada basal do epitélio. São manchas escuras localizadas na mucosa mastigatória, mais comumente na gengiva inserida e livre, causadas por diferentes etiologias. Esse aspecto da gengiva não é um problema de saúde; contudo, muitos pacientes sentem-se incomodados com a aparência escurecida da gengiva durante o sorriso. Em relação à terapia cirúrgica periodontal indicada para amenizar o aspecto escurecido da gengiva, pode-se ressaltar aquelas que utilizam lâminas de bisturi, brocas esféricas com pontas diamantadas, criocirurgia, eletrocirurgia, lasers e enxertos gengivais livres com epitélio autógeno. O presente trabalho tem por objetivo descrever um caso clínico em que a pigmentação melânica gengival da paciente foi tratada utilizando-se brocas diamantadas e bisturis. Também será descrito um procedimento de cirurgia plástica periodontal para corrigir ou amenizar a quantidade de pigmentação melânica gengival aparente nas arcadas superior e inferior da paciente. Após o procedimento cirúrgico realizado com sucesso, conclui-se, pelo grau de satisfação da paciente, que a técnica selecionada se destaca por oferecer excelentes resultados e por ser de fácil execução.

Araújo RJG, Brilhante FV, Ferreira DKA, Nascimento BFKS. Dermabrasion treatment of gingival dyschromia caused by racial melanosis: case report comparing two techniques. J Clin Dent Res. 2017 Jan-Mar;14(1):106-11. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.14.1.106-111.oar