Estudo da efetividade da aplicação de primers, plasma e a combinação deles na resistência de união de um cimento resinoso à zircônia

Por Administrador

Edição V13N04 | Ano 2016 | Editorial Artigo Original | Páginas 88 até 94

Beatriz Curvello de Mendonça, William Matthew Negreiros, Gláucia Maria Bovi Ambrosano, Marcelo Giannini

Este estudo avaliou a resistência de união por cisalhamento de um cimento resinoso de dupla polimerização (Panavia F, Kuraray) a duas zircônias (Lava, 3M ESPE e Katana, Kuraray Noritake) com prévia aplicação de primers (Z-Prime Plus, Bisco ou Monobond Plus, Ivoclar Vivadent), plasma de argônio ou a combinação primer mais plasma. Foram utilizadas placas de zircônia com dimensões de 13mm de comprimento x 5mm de largura x 1mm de espessura. As placas de zircônia foram abrasionadas com lixas de Al2O3 (granulação #600) e tratadas de acordo com cada grupo experimental (sem tratamento, aplicação de primer e/ou plasma). Cilindros do cimento resinoso foram confeccionados na superfície das zircônias utilizando matriz de silicone com dimensões internas de 1,4mm de diâmetro e 1mm de altura. O teste de cisalhamento foi realizado em máquina de ensaios após 24 horas ou um ano de armazenamento dos espécimes em água. Os dados de resistência de união foram expressos em MPa e analisados pela ANOVA (três fatores) e teste de Tukey (5%). Embora o não uso dos primers e do plasma tenha produzido os maiores valores de resistência de união, a adesão foi reduzida após um ano. O uso do Z-Prime Plus, com ou sem plasma, não reduziu a resistência de união após um ano, mas os valores foram inferiores ao uso apenas do cimento resinoso sem tratamento das zircônias. O plasma não aumentou a resistência de união às zircônias. O uso apenas do cimento resinoso foi suficiente para se obter bons resultados de resistência de união.

Mendonça BC, Negreiros WM, Ambrosano GMB, Giannini M. Study of the effectiveness of the application of primers, plasma and their combination on the bond strength of a resin cement to zirconia. J Clin Dent Res. 2016 Oct-Dec;13(4):88-94. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.13.4.088-094.oar