Reabilitação protética de maxila com protocolo cerâmico – técnica convencional x CAD/CAM: relato de caso clínico

Por Administrador

Edição V13N04 | Ano 2016 | Editorial Caso Clínico | Páginas 109 até 119

André Filipe Merico Carneiro, Thiago Arruda, Renan Morais Peloso, Cleverson O, Silva, Fabiano Marson

Os implantes dentários são amplamente reconhecidos como um tratamento viável em pacientes edentados totais em maxila e/ou mandíbula. Próteses totais fixas implantossuportadas são uma opção de previsibilidade e durabilidade comprovadas quando suas infraestruturas estão adaptadas e apresentam passividade ao sistema implante/abutment. A confecção dessas infraestruturas pode ser convencional, por meio da técnica da cera perdida, ou com uso do sistema de escaneamento e fresagem digital, conhecido como sistema CAD/CAM. Sobre essas infraestruturas podem ser aplicados diferentes materiais de cobertura, como resinas acrílicas, dentes acrílicos pré-fabricados e cerâmicas de aplicação convencional ou sistema CAD/CAM. O objetivo do presente artigo é, por meio do relato de dois casos clínicos, comparar as técnicas de confecção de próteses totais fixas implantossuportadas em cerâmica: a técnica convencional, com infraestrutura metálica confeccionada por meio do método da cera perdida e aplicação de cerâmica de cobertura, e a técnica de fresagem digital, com infraestrutura e dentes em zircônia CAD/CAM monolítica.

Carneiro AFM, Arruda T, Peloso RM, Silva CO, Marson F. Prosthetic rehabilitation in the maxilla with fixed Implant-supported ceramic prosthesis – conventional technic vs. CAD/CAM: case report. J Clin Dent Res. 2016 Oct-Dec;13(4):109-19. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.13.4.109-119.oar