Influência do método de pós-cura na eficiência da cura e rugosidade de resinas compostas diretas em restaurações indiretas

Por Administrador

Edição V13N03 | Ano 2016 | Editorial Artigo Original | Páginas 84 até 89

Dayane Carvalho Ramos Salles de Oliveira, Jamille Favarão, Eduardo José Souza-Júnior, Adam Lee Dobson, Ronaldo Hirata, Regina Maria Puppin-Rontani, Mário Alexandre Coelho Sinhoreti

Objetivo: avaliar a influência de diferentes métodos de pós-cura na eficiência de cura e rugosidade de superfície de resinas compostas diretas em restaurações indiretas, em comparação com o protocolo de fotoativação convencional. Material e Métodos: duas resinas compostas diretas, uma nanoparticulada (Filtek Z350, 3M/ ESPE) e uma micro-híbrida (Amelogen, Ultradent), foram utilizadas para confecção de amostras (d = 4mm, 2mm de espessura) por meio de diferentes métodos de cura (n = 10). Todas as amostras foram fotoativadas com 48J/cm2 (convencional – controle) e submetidas a um método de pós-cura: em micro-ondas ou em autoclave. O grau de conversão e a rugosidade de superfície foram avaliados por meio de espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier e rugosímetro, respectivamente. Os dados foram submetidos à ANOVA a dois critérios e ao teste de Tukey (α = 0,05) para comparações múltiplas. Resultados: os métodos de pós-cura aumentaram o grau de conversão para ambos os compósitos (micro-híbrido: ~ 75% e nanoparticulado: ~ 60%) em comparação ao método de fotoativação convencional (micro-híbrido: ± 69% e nanoparticulado: ~ 56%). O método de cura não teve efeito estatístico sobre a rugosidade de superfície, embora a resina composta micro-híbrida tenha apresentado rugosidade superior à do compósito nanoparticulado (~ 0,16 e ~ 0,13, respectivamente). Conclusão: dentro das limitações desse estudo, pode-se concluir que os métodos de pós-cura em micro-ondas e em autoclave mostraram ser técnicas eficientes para melhorar a eficiência de cura sem comprometer a rugosidade da superfície, em comparação ao método de fotoativação convencional.

Oliveira DCRS, Favarão J, Souza-Júnior EJ, Dobson AL, Hirata R, Puppin-Rontani RM, Sinhoreti MAC. Influence of post-curing method on cure efficiency and roughness of direct resin composites in indirect restorations. J Clin Dent Res. 2016 Jul-Sep;13(3):84-9. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.13.3.084-089.oar