Avaliação da percepção estética do sorriso por leigos e acadêmicos de Odontologia

Por Administrador

Edição V13N03 | Ano 2016 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 68 até 76

Laís Guedes Alcoforado de Carvalho, Gregório Márcio de Figueirêdo Rodrigues, Rosângela Marque Duarte, Robinsom Viégas Montenegro, Ana Karina Maciel de Andrade

Objetivo: comparar a percepção estética de leigos e de acadêmicos de Odontologia. Métodos: a amostra foi composta por 50 leigos e 50 discentes. Os dados foram coletados por meio de formulários com perguntas e imagens, e posteriormente tabulados e submetidos à estatística descritiva. Resultados: entre os leigos, o alinhamento dos dentes, a cor e a forma foram as principais queixas. Em relação aos desvios, 28 (56%) consideraram ideal o sorriso sem desvio de linha média. O sorriso em que houve coincidência das curvaturas foi considerado o mais estético por 43 (86%) entrevistados. O sorriso com ausência de diastema totalizou 47 (94%) das escolhas pelos leigos. Quanto aos discentes, o alinhamento dos dentes, a cor e a forma dos dentes foram as principais queixas. Trinta e quatro (68%) consideraram o sorriso sem desvio de linha média o mais agradável. A linha do sorriso ideal foi a em que houve coincidência entre as curvaturas (90%). A presença de diastema não foi considerada estética por nenhum discente avaliado. Conclusões: o tipo de sorriso dificulta as relações pessoais, tanto para leigos quanto para os acadêmicos. Para os últimos, há uma maior importância. Os sorrisos mais atraentes, para os dois grupos, foram aqueles sem desvio de linha média, com curvatura coincidente com o lábio inferior e sem a presença de diastemas.

Carvalho LGA, Rodrigues GMF, Duarte RM, Montenegro RV, Andrade AKM. Evaluation of aesthetic perception of the smile by lay people and dental undergraduate students. J Clin Dent Res. 2016 Jul-Sep;13(3):68-76. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2447-911x.13.3.068-076.oar