Seleção de cor em quatro passos

Por Administrador

Edição V12N01 | Ano 2015 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 70 até 80

Weber Adad Ricci, Maurício Meirelles Nagle, Ana Claúdia Gabrielli Piveta, Luiz Antonio Borelli Barros, Andréia Affonso Barretto Montadon

A escolha de cor em Odontologia se tornou um dos passos mais importantes para a harmonização estética. Entretanto, a reprodutibilidade das escolhas, principalmente por profissionais menos experientes, é relativamente baixa. Nota-se que a falta de conhecimento da teoria da cor e, especialmente, de um método racional para a seleção cromática, são os fatores mais preponderantes. Seria possível a adoção de um mé- todo simples e prático para a atividade clínica? Por meio da consideração dos aspectos inerentes à fisiologia da visão e à teoria das cores (Física Óptica), uma técnica denominada “seleção de cor em quatro passos” foi desenvolvida, cujos fatores de análise foram: 1) cor base da dentina; 2) cor base do esmalte; 3) análise do valor; e 4) análise individual do dente (caracterizações) e do material restaurador (metamerismo). Esse método, simples e acessível a todo clínico, possibilita a utilização de um protocolo com resultados previsíveis para essa etapa tão importante do tratamento estético.

Ricci WA, Nagle MM, Piveta ACG, Barros LAB, Montandon AAB. Seleção de cor em quatro passos. Rev Dental Press Estét. 2015 jan-mar;12(1):70-80.