Na sua rotina clínica, você prefere realizar ou não bisel em restaurações diretas de resina composta em dentes anteriores?

Por Administrador

Edição V10N01 | Ano 2013 | Editorial Ponto de Vista | Páginas 54 até 57

Altamiro Flávio

Introdução – Em tempos de atitudes politicamente corretas, a Odontologia passou por grandes melhorias em seu perfil. A imagem do dentista é cada vez menos austera, tendemos a oferecer mais de um plano de tratamento ao paciente, escutamos mais a opinião do paciente e, sobretudo, tentamos não desgastar tecido dentário sadio ou desgastá-lo o mínimo possível. Assim, devemos questionar o uso de bisel em restaurações diretas anteriores.