Associação de microabrasão e fechamento de diastemas com resina composta: relato de caso clínico

Por Administrador

Edição V09N02 | Ano 2012 | Editorial Caso Clínico | Páginas 84 até 93

Juliana Maria Capelozza Boaventura, Carlos Henrique Braga Borges, Andiara Ribeiro Roberto, Alessandra Nara de Souza Rastelli, Osmir Batista de Oliveira Júnior, Marcelo Ferrarezi de Andrade

Com o avanço das técnicas e materiais restauradores, o cirurgião-dentista tornou-se capaz de solucionar problemas estéticos de forma conservadora. Esse relato de caso descreve a associação das técnicas de microabrasão e fechamento de diastemas com resinas compostas diretas. A paciente do sexo feminino, 16 anos de idade, foi encaminhada pelo ortodontista à clínica de Dentística Restauradora para o fechamento de diastema. Após anamnese e exame clínico detalhado, constatou-se, também, a presença de manchas brancas de fluorose na face vestibular dos dentes anterossuperiores, sendo também proposto o procedimento de microabrasão. Por meio de modelos de estudo da paciente, foi realizado o enceramento diagnóstico, de forma a simular o fechamento dos diastemas. O modelo encerado foi moldado com silicona de condensação para servir como guia de orientação durante os procedimentos restauradores. O tratamento resultou na elevação da autoestima da paciente, pela obtenção de um sorriso mais harmonioso por meio da associação de técnicas estéticas conservadoras.