Reparo de uma restauração classe IV com o uso de resina composta nanoparticulada: quatro anos de acompanhamento

Por Administrador

Edição V09N01 | Ano 2012 | Editorial Caso Clínico | Páginas 118 até 124

Ana Lúcia Franco, Camila Andrade Zamperini, Adriano Augusto Melo de Mendonça, Oscar Fernando Muñoz Chavez

Introdução: o aprimoramento da odontologia estética restauradora está ligado ao desenvolvimento de materiais e técnicas inovadoras, os quais podem oferecer diversos benefícios, incluindo a integração cromática, policromatismo, forma anatômica, função, adequado contato proximal e aumento da integridade marginal. Em função desses aspectos, as restaurações de resina composta, aplicadas de forma direta, tendem a ganhar maior longevidade. Assim, o objetivo do presente relato de caso é fornecer ao leitor a visão dos desafios restauradores envolvidos no reparo de uma fratura classe IV de um dente incisivo superior, utilizando-se um novo sistema de resina composta híbrida nanoparticulada (FiltekTM Supreme – 3M ESPE). Resultados: com base no referido material e técnica, otimizamos a obtenção de resultados satisfatórios alcançados por meio da utilização adequada do sistema adesivo e resina composta, mantidos com sucesso após o acompanhamento de 4 anos. Conclusão: pode-se concluir que, interagindo técnica adequada de aplicação, princípios adesivos básicos e materiais de qualidade, o clínico pode garantir o sucesso na restauração da forma, função e estética de dentes anteriores.