Pino anatômico: relato de caso

Por Administrador

Edição V08N04 | Ano 2011 | Editorial Caso Clínico | Páginas 78 até 86

Max Dória Costa, Luiz Alves de Oliveira Neto, Thiago Amadei Pegoraro, Gerson Bonfante, Luiz Fernando Pegoraro, Fabio Cesar Lorenzoni

A reabilitação de dentes tratados endodonticamente é um procedimento complexo, gerando dúvidas quanto à escolha do tipo de material intrarradicular a ser utilizado. Em canais alargados, núcleos metálicos fundidos produzem efeito de cunha e pinos pré-fabricados adaptam-se de forma imprecisa às paredes do canal, predispondo a falhas adesivas. Uma alternativa descrita na literatura é conhecida como pino anatômico, técnica na qual o pino de fibra é reembasado com resina composta no interior do conduto. Pesquisas têm comprovado a eficácia desse procedimento em função de produzir uma fina película de cimento e porque emprega materiais com módulo de elasticidade próximo ao da dentina, o que proporciona uma melhor distribuição de tensões, assim diminuindo o risco de fraturas radiculares e falhas adesivas. O presente trabalho descreve a técnica de confecção do pino anatômico para reconstrução de uma raiz fragilizada.