Sensibilidade pós-operatória em restaurações diretas extensas utilizando sistemas adesivos convencionais atuais

Por Administrador

Edição V07N04 | Ano 2010 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 97 até 107

Karina Kato Carneiro, Marcelo Figueiredo Lobato, Ana Cláudia Braga Amora Alves, Mário Honorato Silva e Souza Junior

O objetivo deste trabalho clínico foi avaliar a sensibilidade pós-operatória após 2, 7, 180 e 365 dias em restaurações de resina composta realizadas em cavidades amplas e profundas em dentes posteriores empregando-se três sistemas adesivos convencionais atuais (condicionamento ácido total+adesivo). Foram realizados 60 procedimentos restauradores pelo mesmo operador, divididos em três grupos com 20 amostras em cada: SB – ADPER SingleBond 2 (3M ESPE®); AB – All Bond 3 (Bisco®); e XP – XP Bond (Dentsply®). Todas as restaurações foram preenchidas com a resina Z350 (3M ESPE®) e os resultados foram submetidos aos testes de Kruskall Wallis e Friedman. Todos os resultados para sensibilidade pós-operatória foram semelhantes ao longo dos tempos testados.