Avaliação da influência do led/laser em diferentes concentrações de peróxido de hidrogênio no clareamento dentário imediato

Por Administrador

Edição V07N02 | Ano 2010 | Editorial Pesquisa Clínica | Páginas 52 até 61

Henrique Damian Rosário, Marcelo Carvalho Chain

O objetivo desta pesquisa foi avaliar a influência de um sistema luminoso led/laser — com 6 leds de 470nm e 3 diodos lasers infravermelhos de 830nm de 0,2W de potência — sobre o peróxido de hidrogênio a 35% (Lase Peroxide 35% Sensy, DMC Equipamentos) e a 25% (Lase Peroxide 25% Sensy, DMC Equipamentos) em 10 voluntários. Os agentes clareadores foram aplicados com espessura próxima a 1mm em cada arcada de um mesmo paciente: peróxido de hidrogênio 35% na arcada superior e 25% na arcada inferior. O conjunto led/laser foi aplicado por 1 minuto, intercalado com intervalo de 1 minuto sem irradiação luminosa, por três vezes. Então, esperou-se 4 minutos para o gel ser substituído. Esse protocolo foi repetido três vezes nas hemiarcadas direitas. Nas hemiarcadas esquerdas, o gel clareador não sofreu irradiação luminosa, protegido por uma placa divisora de arcadas, permanecendo pelo mesmo tempo que nas hemiarcadas direitas (10 minutos, por 3 vezes). Após sete dias, os voluntários retornaram para avaliação da percepção do grau de clareamento e de sensibilidade. De acordo com a avaliação do pesquisador e dos pacientes, através do questionário, não houve diferença perceptível do grau de clareamento entre as hemiarcadas direita e esquerda (com e sem aplicação de sistema luminoso, respectivamente), para ambas as concentrações de gel clareador (25 e 35%). Também foi relatada similaridade no grau de sensibilidade entre as hemiarcadas.