Faceta direta em resina composta X Laminado cerâmico Qual a melhor opção para tratar um incisivo central superior escurecido em paciente jovem?

Por Administrador

Edição V07N02 | Ano 2010 | Editorial Ponto de Vista | Páginas 32 até 35

Cláudio Pinho, Oswaldo Scopin De Andrade

Quando me deparo com um incisivo central superior escurecido em minha clínica, faço os seguintes questionamentos e avaliações: idade do paciente, tempo que foi realizado tratamento endodôntico, grau de escurecimento, quantidade de estrutura remanescente, oclusão, se já foi feita tentativa de clareamento ou não, aspecto periodontal e avaliação radiográfica associada à avaliação clínica. Em posse de todos esses dados, aí sim poderemos ter o diagnóstico e um suposto prognóstico para cada caso — ainda sabendo que estamos na área da biologia e que as respostas variam muito de indivíduo para indivíduo.