Erosão dentária e abrasão: relato de um tratamento estético conservador dos dentes anteriores com resinas compostas diretas

Por Administrador

Edição V07N02 | Ano 2010 | Editorial Caso Clínico | Páginas 102 até 113

Miguel Muñoz, Alexandra Mena-serrano, Rafael Baggio, Alessandra Reis, Nara Hellen Campanha

A erosão dentária é um processo multifatorial que se caracteriza pela perda gradual do esmalte e da dentina pela dissolução ácida sem a presença de agentes bacterianos. Faz parte de um conjunto de lesões denominadas não-cariosas crônicas, como a atrição, a abrasão e a abfração, com as quais pode estar associada, na maioria dos pacientes. O diagnóstico diferencial é fundamental para realizar um tratamento efetivo. A Odontologia adesiva permite uma maior conservação dos tecidos dentários e as resinas compostas aplicadas com técnicas de estratificação, aliadas ao conhecimento e ao treinamento do profissional, possibilitam excelentes resultados estéticos, biológicos, mecânicos e funcionais. Este artigo relata a reabilitação estética de um caso de erosão e abrasão. Foi realizado o planejamento e a restauração estratificada com resina composta pela técnica direta, buscando a mínima intervenção nos tecidos remanescentes e uma estética satisfatória.