Cerômeros e fibras de reforço: uma opção clínica como mantenedores de espaço

Por Administrador

Edição V05N03 | Ano 2008 | Editorial Caso Clínico | Páginas 107 até 115

Frederico Dos Reis Goyatá, Rodrigo Simões De Oliveira, Thalyta Dos Reis Furlani Zouain Ferreira, Karina Andréa Novaes Olivieri, Antônio Jorge Molinaro Coelho

Atualmente, em muitos dos procedimentos odontológicos, são aplicadas técnicas restauradoras adesivas. O objetivo deste trabalho foi demonstrar, através de um caso clínico, a possibilidade de se realizar a manutenção de espaço interdentário, devido à perda precoce do primeiro molar permanente, a fim de se buscar uma reabilitação dentária futura. Para isto, utilizaram-se procedimentos adesivos e minimamente invasivos. Sugeriu-se a realização de um “mantenedor de espaço” fixo com auxílio das fibras de vidro para reforço (Interlig – Angelus), associadas aos cerômeros (Solidex – Shofu). Conclui-se que a alternativa clínica descrita atendeu às necessidades funcionais e estéticas da paciente.