Metamorfose cálcica da polpa versus “Calcificações distróficas da polpa”

Por Administrador

Edição V05N02 | Ano 2008 | Editorial Biologia da Estética | Páginas 130 até 135

Alberto Consolaro

O termo “Metamorfose Cálcica da Polpa” cada vez mais está sendo utilizado, com maior freqüência, para identificar casos de obliteração pulpar. Até pouco tempo atrás, o termo “obliteração pulpar” identificava as situações clínicas em que o dente apresentava-se com velamento e fechamento total do espaço pulpar coronário e ou radicular, sem qualquer vestígio de suas paredes laterais, mesmo quando várias radiografias periapicais e interproximais eram obtidas.