Abrasão dentária: importância do seu diagnóstico diferencial com outras lesões cervicais

Por Administrador

Edição V04N02 | Ano 2007 | Editorial Biologia da Estética | Páginas 124 até 132

Alberto Consolaro

A sonoridade parecida dos nomes e os conceitos aprendidos pelo processo de memorização, quando decorar foi necessário, para efeito de provas, sem que houvesse aplicação imediata do conhecimento construído, justificam a confusão terminológica quanto à atrição, abrasão, erosão e abfração. Os profissionais têm dificuldades em distingui-las. Em artigo anterior discorremos sobre a nomenclatura, a classificação, os conceitos, as causas e os aspectos clínicos, imaginológicos e microscópicos das Lesões dos Tecidos Dentários Mineralizados Induzidas Diretamente por Agentes Físicos e Químicos, muitas vezes equivocadamente referidas como “desgastes dentários” ou como “lesões cervicais não cariosas”.