Interação entre Ortodontia e Dentística em um caso clínico com discrepância de Bolton

Por Administrador

Edição V03N04 | Ano 2006 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 42 até 49

Ricardo Alves De Souza, Darcy Flávio Nouer, Maria Beatriz Borges De Araújo Magnani, Vânia Célia Vieira De Siqueira, João Sarmento Pereira Neto, Maria Carolina Blanco Acevedo

A discrepância de tamanho dentário, que ocorre em um número considerável de pacientes que procuram por tratamento ortodôntico, pode influenciar negativamente os objetivos do tratamento e os seus resultados finais. Em um caso com má oclusão do tipo Classe I de Angle, aparentemente simples, foi necessário um planejamento multidisciplinar, devido à discrepância de tamanho dentário. Após a análise de Bolton, que confirmou a discrepância de tamanho dentário por reduzida largura mésio-distal, proporção total igual a 100 (média de 91,3) e proporção anterior igual a 82 (média de 77,2), iniciou-se o tratamento ortodôntico fixo. Após a fase inicial de alinhamento e nivelamento, realizou-se a compensação de tamanho, por meio de restaurações nos 4 incisivos superiores, com resina composta. Este planejamento conjunto permitiu uma finalização ideal do caso, após 12 meses de tratamento, com resultado bastante satisfatório.