Protocolo clínico para utilização de uma nova cerâmica vítria reforçada por leucita

Por Administrador

Edição V02N04 | Ano 2005 | Editorial Caso Clínico | Páginas 23 até 67

Sidney Kina

As cerâmicas dentárias, além de quimicamente estáveis, apresentam propriedades ópticas excelentes quando comparadas às estruturas dentárias, garantindo assim um posto especial no rol dos materiais restauradores estéticos. Porém, sua conhecida friabilidade limita seu uso, exigindo estratégias para sua proteção contra os estresses da mastigação. Assim, várias formas de reforço à sua estrutura estão descritas na literatura e aplicadas na Odontologia restauradora. O presente trabalho descreve a utilização clínica de um novo material cerâmico reforçado por leucita denominado IPS Empress Esthetic (Ivoclar Vivadent), através de cinco casos clínicos.