A expressão da excelência estética no trabalho cerâmico

Por Administrador

Edição V02N02 | Ano 2005 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 79 até 88

Eduardo Passos Rocha, Osvaldo Scopin De Andrade, Fábio Yroshi Fujiy, Luiz Alves Ferreira

O uso das cerâmicas odontológicas como meio para as reconstruções anteriores indiretas está bem fundamentado pela literatura, em função das qualidades estéticas e mecânicas, bem como da biocompatibilidade que estas apresentam. Neste sentido, destaca-se a excelente qualidade estética da cerâmica IPS d´SIGN (Ivoclar-Vivadent), que se diferencia pela elevada luminosidade e translucidez, requisitos essenciais para a reconstrução estética de alta qualidade. Desta forma, o presente trabalho relata um caso clínico onde foram confeccionados 3 elementos cerâmicos, sendo uma coroa total e dois laminados cerâmicos, nos dentes 11, 21 e 22, respectivamente, da paciente S.C.S., 28 anos, melanoderma. O resultado estético foi excelente, com ênfase na capacidade de reprodução óptica do esmalte dentário que a cerâmica IPS d´SIGN apresentou, além de evidenciar a perfeita integração biofuncional entre o substrato dentário, os elementos cerâmicos e os tecidos periodontais adjacentes.