Aprender a aprender

Por Administrador

Edição V02N02 | Ano 2005 | Editorial Editorial | Páginas 3 até 3

Sidney Kina

Imagine um bufê: sobre a mesa uma infinidade de pratos. Fascinado pelos pratos, você se atira sobre eles: quer comer tudo. Ao final, confuso com o emaranhado de sabores não recorda mais o que lhe caiu melhor e, enfadado, parece que nada mais lhe apetece. Em Odontologia Estética, parece que vivemos uma situação semelhante. Vivemos um dilema. Novas tecnologias, em particular no desenvolvimento de novos materiais restauradores, com características de estética cada vez melhores, têm surgido a todo instante.