Saucerização: um mecanismo natural de adaptação peri-implantar cervical

Por Administrador

Edição V08N04 | Ano 2014 | Editorial Expedientelicações e Aplicações | Páginas 8 até 15

Alberto Consolaro

A Saucerização Óssea Peri-implantar Cervical, ou simplesmente Saucerização, deve ser considerada uma adaptação morfológica e funcional dos tecidos cervicais peri-implantares. O homem conseguiu imitar a natureza, e os implantes osseointegráveis simulam o dente: parte dentro do meio interno e parte no meio externo. O epitélio juncional peri-implantar leva o EGF próximo ao osso vizinho, que se reabsorve de forma inclinada. Esse processo é inevitável e independe do design, tipo ou marca comercial dos implantes osseointegráveis. Tridimensionalmente, o formato final do osso cervical peri-implantar imita um pires e pode sofrer influências de fatores cirúrgicos, bem como do tipo ósseo, designs, carga oclusal, tempo de uso, grau de higienização e muitos outros fatores. Porém, negar o processo implica em ignorar alguns aspectos da biopatologia óssea. Todos os 206 ossos humanos são arredondados e suas funções não permitem ângulos retos em suas margens e limites.

Consolaro A. Saucerization: a natural mechanism of peri-implant cervical adaptation. Dental Press Implantol. 2014 Oct-Dec;8(4):8-15.
DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2237-650X.8.4.008-015.exp