Precisão de medições lineares em tomografias computadorizadas por feixe cônico e helicoidal, realizadas em mandíbulas humanas

Por Administrador

Edição V07N02 | Ano 2013 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 99 até 106

Guilherme Teixeira Coelho Terra, Jefferson Xavier de Oliveira, Carlos Martins Agra, Antônio Carlos Guedes Pinto

Introdução: a obtenção de métodos de imagem capazes de reproduzir com adequada precisão as dimensões maxilomandibulares é de vital importância para o diagnóstico e o planejamento seguro de procedimentos cirúrgicos. Objetivo: verificar, in vitro, a precisão de medições lineares de um exame de tomografia computadorizada helicoidal e de dois sistemas de tomografia computadorizada por feixe cônico. Método: dez mandíbulas humanas secas foram submetidas a três diferentes exames de tomografia: CBCT i-CAT, CBCT NewTom 3G e HCT helicoidal Picker CT Twin Flash. As medições realizadas diretamente na mandíbula foram feitas com um paquímetro digital, e as tomográficas por meio do software ImplantViewer 2.604. Foram mensuradas seis regiões de cada mandíbula seca, sendo agrupadas em duas regiões de primeiro molar inferior (Sítio PMI), duas regiões de primeiro pré-molar inferior (Sítio PPMI) e em duas regiões de incisivo lateral inferior (Sítio ILI). Resultados: nos sítios ILI e PPMI, as três tomografias estudadas demonstraram precisão semelhante entre si. No sítio PMI, a CBCT i-CAT mostrou-se mais precisa que as dos demais sistemas. Conclusão: pode-se concluir que nos sítios ILI e PPMI as três TCs estudadas apresentam limites de concordância e de precisão semelhantes, e que no sítio PMI a CBCT i-CAT apresentou um limite de concordância de menor amplitude, sendo mais precisa que a dos demais exames.

Terra GTC, Oliveira JX, Agra CM, Pinto ACG. Accuracy of linear bone measurements with cone-beam and spiral computed tomography in human mandibles. Dental Press Implantol. 2013 Apr-June;7(2):99-106.