Análise clínico-cirúrgica de implantes instalados imediatamente após a exodontia

Por Administrador

Edição V06N03 | Ano 2012 | Editorial Artigo de Revisão | Páginas 72 até 80

Tanise Cristine Tavares Fontana

Introdução: no início da Implantodontia, o protocolo convencional para que ocorresse a osseointegração sugeria aguardar até 12 meses para o processo de reparo alveolar, antes da colocação de um implante. No entanto, implantes osseointegrados podem ser instalados em vários momentos após a extração dentária. A escolha do prazo depende de fatores estruturais ósseos, estéticos e funcionais. A inserção de um implante no alvéolo dentário imediatamente após a exodontia, denominado Implante Imediato, mostra uma técnica de reabilitação bucal bastante viável. A ciência documenta altos índices de sucesso, principalmente na região anterior da maxila, onde há a necessidade de se obter resultados estéticos satisfatórios. Sua principal indicação é a substituição de dentes que não possuem possibilidade de tratamento. É uma técnica muito vantajosa, pois aproveita o período de reparação alveolar, reduzindo o tempo cirúrgico, propiciando imediata instalação da prótese, seja funcional ou apenas estética, o que remete ao paciente grande satisfação. Para alcançar o sucesso, o profissional deve estar atento a alguns fatores limitantes que podem contraindicar a utilização da técnica. Objetivo: mostrar as vantagens e desvantagens dessa técnica, assim como suas indicações e contraindicações através de uma revisão de literatura.

Fontana TCT. Clinical surgical analysis of implant installed immediately after tooth extraction. Dental Press Implantol. 2012 July- -Sept;6(3):72-80.