Reparo de defeitos no rebordo alveolar usando rhBMP-2 em babuínos

Por Administrador

Edição V06N01 | Ano 2012 | Editorial Artigo Selecionado | Páginas 54 até 66

Dario A, O, Miranda, Neil M, Blument hal, Carlos Eduardo Francischone, Alberto Consolaro

O objetivo deste estudo foi avaliar o aumento do rebordo alveolar em babuínos (Papio anubis) após o enxerto da proteína morfogenética óssea recombinante humana 2 (rhBMP-2) fazendo uso de dois carregadores. Foram produzidos defeitos padronizados cirurgicamente no rebordo alveolar (? 15 x 8 x 5mm) na maxila e mandíbula em quatro áreas edêntulas de babuínos. Os sítios dos defeitos receberam enxertos com rhBMP-2 (0,4mg/mL) num composto de fosfato tricálcio/hidroxiapatita/esponja de colágeno absorvível (TCP/HA/ACS) ou utilizando um outro enxerto de fosfato de cálcio (aBSM). Tratamentos de controle foram executados sem rhBMP-2 (cirurgia sham – controle). Pinos de aço inoxidável foram colocados nos níveis medioapical e coronal nos locais dos defeitos visando fornecer pontos de referência para medições pré e pós-tratamento. Foram realizadas moldagens dos defeitos pré e pós-tratamento para avaliar as mudanças no volume do rebordo alveolar. Exames radiográficos foram obtidos pré-implantação e imediatamente antes da cirurgia de reentrada. Secções em bloco foram realizadas a 16 semanas do pós-operatório e processados para microscopia de luz. Os cortes histológicos centrais foram avaliados para: área do osso trabecular, área de espaço medular, e densidade óssea utilizando um programa de computador de análise da imagem. Análises estatísticas entre os tratamentos foram feitos usando ANOVA. Os veículos sem rhBMP-2 apresentaram um aumento de rebordo modesto. A adição de rhBMP-2 resultou em um aumento mais significativo de quase duas vezes a largura do rebordo alveolar, volume e osso trabecular, menor espaço medular, e maior densidade óssea em comparação com os controles (p = 0,05), sem diferenças significativas entre os protocolos. TCP/HA/ACS e aBSM podem ser considerados veículos adequados para rhBMP-2. A rhBMP-2 combinada com estes carregadores provocou aumento alveolar, podendo proporcionar aumento clinicamente relevante de defeitos do rebordo alveolar antes da colocação de implantes dentários.

Miranda DAO, Blumenthal NM, Francischone CE, Consolaro A. Reparo de defeitos no rebordo alveolar usando rhBMP-2 em babuínos. Dental Press Implantol. 2012 Jan-Mar;6(1):54-66.