Uso do Mucograft no tratamento de retração gengival

Por Administrador

Edição V05N03 | Ano 2011 | Editorial Caso Clínico | Páginas 94 até 100

Danilo Maeda Reino, Arthur Belém Novaes Jr, , Patrícia Garani Fernandes, Luciana Prado Maia

As retrações gengivais acometem uma grande parte da população e causam desconforto (devido à hipersensibilidade dentinária), prejuízo estético e aumentam o acúmulo de placa sobre as raízes expostas, podendo facilitar a ocorrência de cáries. Na tentativa de aumentar a previsibilidade dos procedimentos de recobrimento radicular, frequentemente são utilizados enxertos de tecido conjuntivo subepitelial (ETCS). No entanto, a remoção desse enxerto autógeno gera a necessidade de uma segunda área operatória, aumentando o tempo operatório e a morbidade cirúrgica. Dessa forma, os substitutos para os ETCS têm sido produzidos para diminuir a morbidade e tornar esses procedimentos mais rápidos. Recentemente, foi internacionalmente lançada uma membrana colágena de origem suína (Mucograft), que tem demonstrado resultados promissores. O objetivo do presente relato de caso é demonstrar o emprego dessa membrana no recobrimento radicular. No tratamento proposto, tratou-se a retração gengival, obtendo um bom resultado em procedimento rápido e seguro, agradando a paciente. O emprego desse produto demonstrou ser uma boa opção para o recobrimento radicular.