Calor excessivo nas paredes ósseas: a osseointegração não ocorre

Por Administrador

Edição V05N02 | Ano 2011 | Editorial Expedientelicações e Aplicações | Páginas 22 até 32

Alberto Consolaro

Em muitas situações questiona-se: Por que depois de algumas semanas da colocação de um implante dentário, ao manipulá-lo para testar a sua fixação decorrente da osseointegração, o mesmo sai facilmente e revela-se “solto”, sem qualquer ligação com o leito cirúrgico onde foi colocado? […]