Reparação e Regeneração: conceitos universais ou Osso não se regenera, osso se repara! ou Contribuição para o esclarecimento de uma confusão terminológica

Por Administrador

Edição V04N04 | Ano 2010 | Editorial Expedientelicações e Aplicações | Páginas 14 até 23

Alberto Consolaro

A reconstrução das áreas lesadas em nosso corpo pode ser feita por reparação ou por regeneração. O que determina se vai ser reparação ou regeneração não é o resultado final, mas sim o tipo de tecido envolvido (Fig. 1). Os tecidos conjuntivos são os únicos vascularizados e, quando inflamam — ou quando o sangue coagula no seu interior —, imediatamente se forma uma rede de fibrina invadida por brotos de células endoteliais, que aparecem nas paredes dos vasos vizinhos e formam, na área lesada, uma rica trama de vasos neoformados. A angiogênese (como esse fenômeno é conhecido) representa um dos fenômenos essenciais da reparação tecidual. […]