Reconstruções maxilares utilizando enxerto de crista ilíaca

Por Administrador

Edição V03N04 | Ano 2009 | Editorial Caso Clínico | Páginas 72 até 81

Leonardo Costa de Almeida Paiva, Paulo Roberto Ferreira Cerqueira, Vera Cavalcanti de Araújo, Maria Cristina de Andrade

A reabilitação de pacientes com severa atrofia maxilar e que desejam utilizar próteses implantossuportadas, geralmente, necessita de procedimentos de aumento do suporte ósseo. Esses, na maior parte dos casos, são realizados utilizando-se materiais de enxertos, sendo o osso autógeno o material que melhor satisfaz as características do enxerto ideal. O presente trabalho tem como objetivo mostrar três casos clínicos com pacientes que apresentaram-se com maxilas atróficas, sendo os mesmos reabilitados por meio de enxertos de crista ilíaca, utilizados em bloco e particulados, antes da colocação dos implantes.