Comportamento biomecânico de uma prótese fixa implantodentossuportada com variação na localização do carregamento

Por Administrador

Edição V03N02 | Ano 2009 | Editorial Artigo Inédito | Páginas 36 até 46

Marcos Daniel S, Lanza, Antonio Carlos Barbosa Vieira, Paulo Isaias Seraidarian, Wellington Correa Jansen, Marcos Dias Lanza

Em algumas situações clínicas, ocorrem casos de pacientes parcialmente edêntulos com indicação para prótese através da união de dentes com implantes. Entretanto, esse tipo de conexão ainda é controverso na literatura, tendo em vista possíveis complicações biomecânicas, pelas diferenças de mobilidade e forma de absorver e distribuir as cargas funcionais. O sucesso de tal procedimento está diretamente associado aos cuidados especiais no planejamento criterioso visando a minimização de possíveis incompatibilidades. O presente estudo objetiva simular o comportamento mecânico de uma prótese fixa de união rígida entre dente natural e implante osseointegrado, variando a localização do carregamento. A análise dos resultados permitiu concluir que a incidência de carga nesse tipo de prótese é fator limítrofe na longevidade do conjunto.