APOIO INSTITUCIONAL

Resinas compostas nos últimos 10 anos – revisão da literatura. Parte 6: longevidade

Edição V17N1  |  Ano 2020  |  Categoria: Artigo Inédito  |  Página 58 até 70

Autores

Paulo Vinícius Soares, Luísa de Oliveira Fernandes, Amanda Ribeiro Wobido, Livia Fávaro Zeola

Resumo

Introdução: Essa é a última parte da sequência de seis artigos abordando uma avaliação da literatura a respeito das resinas compostas nos últimos 10 anos. A resina composta é um material amplamente utilizado na prática clínica odontológica e, por esse motivo, o conhecimento de seu comportamento em longo prazo torna-se necessário. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de revisão de literatura, a longevidade clínica e as taxas de falha de restaurações em resina com- posta. Métodos: Uma busca ampla na literatura foi realizada, utilizando a base de dados Medline/PubMed entre os anos 2007-2018. Após avaliação dos títulos e resumos, 65 artigos foram selecionados para leitura de seus textos completos, sendo 30 incluídos nessa revisão. Em seguida, foi realizada extração dos dados e interpretação dos resultados. Resultados: O tempo de avaliação clínica utilizado nos estudos variou de 1 a 22 anos e a taxa de falha das restaurações em resina composta oscilou de 0 a 54,8%. As principais causas de falha associadas foram cárie secundária, descoloração marginal e fratura da restauração/dente. Conclusões: A resina composta apresenta boa longevidade independentemente do tipo de material utilizado. Porém, os estudos que analisaram com menos de 5 anos são considerados inconclusivos.

Palavras-chave

Resina composta. Longevidade. Compósitos.

Como citar

Soares PV, Fernandes LO, Wobido AR, Zeola LF. Composite resin in the last 10 years – literature review. Part 6: longevity. J Clin Dent Res. 2020 Jan-Apr;17(1):58-70.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on print

Artigos relacionados: